Plano de classificação

D. João V. 1689-1750, rei de Portugal

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

D. João V. 1689-1750, rei de Portugal

Detalhes do registo

Nível

Registo de autoridade   Registo de autoridade

Tipo de entidade

Código

AAP/RDJV

Forma autorizada de nome

D. João V. 1689-1750, rei de Portugal

História administrativa/biográfica/familiar

Monarca português, vigésimo quarto rei de Portugal, o seu reinado, que durou de 1707 até à sua morte em 1750, foi um dos mais longos da História portuguesa. Nasceu a 22 de outubro de 1689, filho de D. Pedro II e de D. Maria Sofia de Neuburgo, e foi aclamado rei a 1 de janeiro de 1707. Casou a 9 de julho de 1708 com D. Maria Ana da Áustria, irmã do imperador austríaco Carlos III. D. João V seguiu uma política de neutralidade em relação aos conflitos europeus mas empenhou-se fortemente na defesa dos interesses portugueses no comércio ultramarino, de que foi exemplo o Tratado de Utreque (1714), em que a França e a Espanha reconheceram a soberania portuguesa sobre o Brasil. Esta neutralidade foi possível devido à riqueza do reino proveniente da exploração das minas de ouro brasileiras. D. João V pretendeu, à semelhança dos outros monarcas europeus, imitar Luís XIV. Defensor do absolutismo, não reuniu as Cortes uma única vez durante o seu reinado. Teve como principal ministro e homem de confiança o cardeal da Mota.Devido às grandes obras que promoveu no campo da arte, da literatura e da ciência, ficou conhecido por "o Magnânimo". Na cultura merecem referência especial a Real Academia Portuguesa de História, fundada em 1722, e a introdução da ópera italiana, em 1731. D. João V desenvolveu ainda as artes menores (talha, azulejo e ourivesaria) e as artes maiores através de vários pintores e escultores que se deslocaram de Itália para trabalhar em Lisboa e Mafra. O Palácio-Convento de Mafra, mandado construir como forma de agradecer o nascimento do seu primeiro filho varão, e o Aqueduto das Águas Livres são dois exemplos de obras públicas de grande imponência. Deu nome a um período da história da arte portuguesa designado Barroco Joanino.In: D. João V in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-18 17:09:58]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/$d.-joao-v

Relações com registos de autoridade

Relações com registos de autoridade
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadeD. José. 1714-1777, rei de Portugal AAP/RDJ Familiar - Pai/Mãe
Registo de autoridadeD. Luísa de Gusmão. 1613-1666, rainha de Portugal AAP/RDLG Familiar - Neto(a)
Registo de autoridadeD. Maria I. 1734-1816, rainha de Portugal AAP/RADMI Familiar - Avô/Avó

Relações com registos de descrição

Relações com registos de descrição
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Documento simplesCarta D. João V a anunciar um conjunto de confirma... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-4-6-11 Autor
Documento simplesCarta de D. João V dirigida à Câmara de Guimarães ... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-10 Autor
Documento simplesCarta D. João V dirigida à Câmara de Guimarães a a... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-11 Autor
Documento simplesCarta de D. João V dirigida ao Juiz de Fora da vil... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-12 Autor
Documento simplesCarta de D. João V dirigida à Câmara de Guimarães ... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-13 Autor
Documento simplesCarta de D. João V dirigida à Câmara de Guimarães ... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-14 Autor
Documento simplesCarta de D. João V dirigida à Câmara de Guimarães ... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-15 Autor
Documento simplesProvisão de D. João V ao padre Provincial da Santí... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-2 Autor
Documento simplesCarta de D. João V a dirigida à Câmara de Guimarãe... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-3 Autor
Documento simplesCarta de D. João V dirigida à Câmara de Guimarães ... PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/001/8-6-3-1-5 Autor
Ver todas as relações