Costa, Luísa Ludovina Araújo Martins da. 1802-1867, Senhora da Casa do Carmo e da Veiga

Available actions

Reader available actions

Available services

 

Costa, Luísa Ludovina Araújo Martins da. 1802-1867, Senhora da Casa do Carmo e da Veiga

Description details

Record type

Authority record   Authority record

Entity type

Reference code

PT/AMAP/AAP/LLMC

Existance dates

1802-07-19  to  1867-01-16 

Biography or history

Luísa Ludovina Araújo Martins da Costa, filha de Jerónimo Ribeiro Bernardes, Senhor da Casa da Veiga e da Casa da Ribeira em São João da Ponte, etc. e de Joana Maria de Araújo Martins da Costa, nasceu na Casa da Ribeira, São João da Ponte, Guimarães a 19-7-1802 e morreu na Casa do Carmo em Santa Maria de Oliveira do Castelo, Guimarães a 16-1-1867. Foi Senhora da Casa da Rua de Val das Donas (também conhecida por Casa de São Bento) em Guimarães. Foi Senhora da Casa da Veiga em São Pedro de Azurém e Senhora da Casa do Carmo e do Chantre, também em Guimarães, das quintas de Patos, Ponte de Baixo e de Cima, Carvalheira e Bouça em São João de Brito, do Chamiço em São Pedro de Azurém e da Taipa de Cima em São Lourenço de Selho (por testamento de sua tia e cunhada D. Luísa Rosa); com dinheiro dado pelos tios, comprou em solteira as quintas do Loureiro Novo em Santa Eulália de Fermentões, da Cal em Santo Estevão de Urgeses e a da Arrifana em São Salvador do Pinheiro. Tinha ao casar (1835) 11.400$00 espalhados a juros e nas suas mãos 6.000$00, sem contar os legados deixados pelos tios. Pouco depois de ter casado, a mãe e os irmãos dão-lhe a Casa da Veiga em São Pedro de Azurém, as quintas de Fundevila, Melião e Reguengo em São Paio de Figueiredo e as de Cabo, Portela, Bassaim, Bouça e Venda em São Martinho de Leitões. Foi educada no Convento de Saõ José do Carmo e fez parte da comissão fundadora do Asilo de Santa Estefânia em Guimarães. Casou, em 1835 com Henrique Cardoso de Macedo (1795-1875) com quem teve dois filhos: Luís Cardoso Martins da Costa Macedo, que viria a ser o 1º visconde e 1º conde de Margaride e Domingos Cardoso Martins da Costa Macedo que faleceu aos 21 anos, sem descendência. Em 1854 receberam a casa do Carmo e a quinta de Margaride. Fez testamento a 28-12-1866, deixando a totalidade de seus bens a seu filho Luís.In: MENEZES, Luís Cardoso de Menezes Ferreira - O armigerado Domingos José Cardoso de Ma-cedo (1733-1796): A linha varonil e das armas de 1770. "Boletim de Trabalhos Históricos". ISSN 0871-7478 vol VIII: 2019