Joaquim Oliveira Bragança

Ações disponíveis

Acções disponíveis ao leitor

Partilhar

 

Joaquim Oliveira Bragança

Detalhes do registo

Informação não tratada arquivisticamente.

Nível de descrição

Fundo   Fundo

Código de referência

PT/AMAP/PSS/JOB

Tipo de título

Atribuído

Datas de produção

1925  a  2014 

Dimensão e suporte

667 liv. + 63 cx. + 4 rl. + 1 fot. + 1 quadro + 2 capilhas; papel

Extensões

667 Livros
63 Caixas
4 Rolos
1 Fotografia
1 Quadro
2 Capilhas

Entidade detentora

Arquivo Municipal Alfredo Pimenta

Produtor

Joaquim Oliveira Bragança. 1925-2014, padre e professor

História administrativa/biográfica/familiar

(…) "O Dr. Joaquim de Oliveira Bragança nasceu no dia 6 de Outubro de 1925 na freguesia de Abação, Guimarães, filho de Domingos de Oliveira Bragança e de Albina Mendes Ferreira.

Frequentou os Seminários diocesanos de Braga e foi ordenado sacerdote em 15 de agosto de 1949. No dia 10 de setembro seguinte foi nomeado vigário cooperador de Fafe; a 30 de dezembro de 1952, foi nomeado pároco de Garfe, Póvoa de Lanhoso e a 7 de agosto de 1956, pároco de Santa Marinha da Costa, Guimarães. Frequentou em Paris (1958-1962) o Instituto Superior de Liturgia, onde se doutorou a 18 de junho de 1962, com uma tese sobre “La Vigile Pascale du Missal de Mateus”.

Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, tendo preparado a edição do importante manuscrito do 2.º quartel do séc. XII chamado Missal de Mateus.

Em 1968 foi nomeado professor da Faculdade de Teologia de Lisboa. Foi Professor do Instituto Superior de Cultura Católica e Director da Revista “Didaskalia”, da Faculdade de Teologia de Lisboa.

Fez parte da Comissão Organizadora do l Congresso Histórico de Guimarães (19 a 23 de junho de 1979 - Guimarães e sua Colegiada) como secretário-geral e foi também um ilustre colaborador do nosso jornal “O Conquistador”.

Lima de Carvalho"

Faleceu a 24 de Maio de 2014.

<http://www.oconquistador.com/noticia.asp?idEdicao=268&id=7273&idSeccao=1203&Action=(...)

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Doado pela Universidade Católica Portuguesa a 4 de Agosto de 2015.

Âmbito e conteúdo

Constituído pelo seu acervo epistolar, por manuscritos e publicações da sua autoria e outras de autoria diversa.

Sistema de organização

Por séries dentro do fundo.

Condições de acesso

Comunicável.

Condições de reprodução

A reprodução deverá ser solicitada por escrito, através de requerimento dirigido ao responsável da instituição. O seu deferimento encontra-se sujeito a restrições, atendendo ao estado de conservação e o fim a que se destina, de acordo com legislação sobre direitos de autor e direitos conexos e direitos de personalidade.

Instrumentos de pesquisa

ARQUIVO MUNICIPAL ALFREDO PIMENTA [Base de dados de descrição arquivística]. [Em linha].GUIMARÃES:AMAP, 2017. Disponível no Sítio Web e na Sala de Referência do Arquivo Municipal Alfredo Pimenta. Em atualização permanente.