Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Detalhes do registo

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/AMAP/FAM/AALP/01-02-02/002-017/10-29-6-7-52

Tipo de título

Atribuído

Título

Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Datas de produção

1942-11-02  a  1942-11-02 

Dimensão e suporte

3 f. (30 x 21 cm); papel

Extensões

1 Capilha

Âmbito e conteúdo

O hastear da bandeira da restauração. Questão da bandeira da restauração - Durante as comemorações dos Centenários, em 1940, Alfredo Pimenta içou na janela da sua casa de Lisboa, na Rua Pinheiro Chagas n.0 16, 10 andar, uma bandeira da Restauração (com o escudo e a coroa sobre fundo inteiramente branco). O mesmo fez na janela da varanda da Casa da Madre de Deus, em Guimarães, como atesta o 'bilhete postal' com a fotografia da casa, que mandou imprimir e utilizou durante muitos anos. Em 1942 deu-se o de passar em frente da janela da Rua Pinheiro Chagas o Ministro do Interior, Pais de Sousa. Viu a bandeira e achou por bem mandar prender Alfredo Pimenta, que passou um dia e uma noite esquadra da Alcântara, sendo solto em seguida. A bandeira ainda continuou içada na Casa da Madre de Deus durante vários anos, enquanto o escritor ali permanecia nos 4 meses de verão.

Tradição documental

Tipo técnica de registo

Assinaturas

Alfredo Pimenta

Condições de acesso

Comunicável.

Condições de reprodução

A reprodução deverá ser solicitada por escrito através de requerimento dirigido ao responsável da instituição.

Aspeto físico

Cota atual

10-29-6-7-52

Idioma e escrita

Escrita

Unidades de descrição relacionadas

Relação genéricaPT/AMAP/FAM/AALP/01-02-07/0005

Notas de publicação

Referência bibliográficaPublicada in: SALAZAR E ALFREDO PIMENTA: Correspondência, 1931-1950 / Prof. Manuel Braga da Cruz .[Lisboa]: Verbo, 2008, p. 173.

Transcrição

1942 3-11 n.º 439 2ª feira Ex.mo Senhor Presidente do Conselho: desde as festas centenárias que tenho na minha janelas arvorada, a bandeira da Restauração. Escrevi um artigo que se publicou, e em que eu sustento que ela é a verdadeira bandeira nacional. Regressei a Lisboa na noite de 6a feira passada. Vim encontrar a atmosfera política assaz revolta. E, neste momento, a minha filha telefona-me a informar-me de que está em minha casa o chefe da Polícia da esquadra do Rossio, para me apreender a bandeira que desde as festas centenárias tenho na minha janela. Comunico o facto a V.ª Ex.ª. Não o comento, nem peço a V.ª Ex.ª a sua intervenção, porque me magoaria o seu desinteresse, se lho solicitasse, e me ofenderia a sua aprovação se ma manifestasse. Limito-me a perguntar a V.ª Ex.ª: - mereço isto? De V.ª Ex.ª att.º v.or e obrg.ºA.P.

Relações com registos de autoridade

Relações com registos de autoridade
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadePimenta, Alfredo Augusto Lopes. 1882-1950, historiador, escritor e poeta AAP/AP Autor intelectual