Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Detalhes do registo

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/AMAP/FAM/AALP/01-02-02/002-017/10-29-6-7-28

Tipo de título

Atribuído

Título

Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Datas de produção

1941-11-27  a  1941-11-27 

Dimensão e suporte

3 f. (30 x 21 cm); papel

Extensões

1 Capilha

Autor intelectual

Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadePimenta, Alfredo Augusto Lopes. 1882-1950, historiador, escritor e poeta AAP/AP Autor

Âmbito e conteúdo

A conferência da Universidade do Porto e a censura.

Tradição documental

Tipo técnica de registo

Assinaturas

Alfredo Pimenta

Condições de acesso

Comunicável

Condições de reprodução

A reprodução deverá ser solicitada por escrito através de requerimento dirigido ao responsável da instituição.

Aspeto físico

Cota atual

10-29-6-7-28

Idioma e escrita

Escrita

Unidades de descrição relacionadas

PT/AMAP/AALP/133-017/10-29-6-7-27

Notas de publicação

Referência bibliográficaPublicada in: SALAZAR E ALFREDO PIMENTA: Correspondência, 1931-1950 / Prof. Manuel Braga da Cruz .[Lisboa]: Verbo, 2008, p. 158.

Transcrição

1941 n.º 393 5ª feira Ex.mo Snr Presidente do Conselho: - atendendo, como era meu dever, embora com sacrifício da minha posição no caso, às observações de V.ª Ex.ª, como já tive ocasião de lhe comunicar, suprimi na minha conferência do Porto, os 4 parágrafos que V.ª Ex.ª teve a bondade de me indicar. E porque V.ª Ex.ª nada mais me disse, mandei-a imprimir definitivamente. Estou à espera de que me cheguem os primeiros exemplares, para enviar a V.ª Ex.ª, como de costume, o primeiro. Quanto ao meu artigo, atendi as observações de V.ª Ex.ª, mas surpreende-me a atitude da Censura que mexeu no que não devia ser alterado. Peço licença para observar que ou não se deixa iniciar qualquer polémica, ou a deixar-se que ela comece, não se deve tocar no que se escreve, para se não colocar um dos contendores em desigualdade de armas. V.ª Ex.ª pode permitir-me que eu diga que na doutrinação monárquica, a polémica não partiu, nem parte, de mim. O "Século" fez o que se sabe. E as "Novidades" estão constantemente a provocar-me, invocando até um tema que sabem que não se pode discutir livremente. E permita-me V.ª Ex.ª que mais uma vez me afirme de V.ª Ex.ª com a maior consideração, m.to att.º v.or e obrigado A.P.

Relações com registos de autoridade

Relações com registos de autoridade
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadePimenta, Alfredo Augusto Lopes. 1882-1950, historiador, escritor e poeta AAP/AP Autor