Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Detalhes do registo

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/AMAP/FAM/AALP/01-02-02/002-017/10-29-6-7-17

Tipo de título

Atribuído

Título

Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Datas de produção

1941-09-04  a  1941-09-04 

Dimensão e suporte

3 f. (30 x 21 cm); papel

Extensões

1 Capilha

Autor intelectual

Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadePimenta, Alfredo Augusto Lopes. 1882-1950, historiador, escritor e poeta AAP/AP Autor

Âmbito e conteúdo

O convite da legação alemã para visitar a Rússia.

Tradição documental

Tipo técnica de registo

Assinaturas

Alfredo Pimenta

Condições de acesso

Comunicável

Condições de reprodução

A reprodução deverá ser solicitada por escrito através de requerimento dirigido ao responsável da instituição.

Aspeto físico

Cota atual

10-29-6-7-17

Idioma e escrita

Escrita

Transcrição

1941 4-9; rp 4_9? n.º A-33 Casa da Madre de Deus Guimarães Ex.mo Snr. Presidente do Conselho: - acabo de receber a seguinte informação que não sei se tem fundamento ou se é apenas boato falso:«Consta-me que vai ser convidado pela legação alemã para ir à Rússia, ver assuntos bolchevistas, e F. Também. O Dr. Salazar já sabe e aprova os nomes...» Se isto tem algum jeito de verdadeiro, agradeço muito sinceramente a aprovação que lhe mereceu o meu nome, tanto mais que a informação acrescenta que outros nomes lembrados tiveram o veto de V.ª Ex.ª". Agradeço, repito, muito reconhecidamente, o que em tal aprovação possa haver, na intenção de V.ª Ex.ª de lisonjeiro para mim. Mas peço licença a V.ª Ex.ª para lhe observar que viagens, não sendo à minha custa, e é manifesto que essa nunca o poderia ser, só as aceitaria à custa do Governo de V.ª Ex.ª - Se me estivesse no feitio viajar à custa de alguém, para ver espectáculos. Tenho 58 anos - graças a Deus limpinhos de suspeitas de boa-fé! Das de má fé ninguém se livra - nem V.ª Ex.ª. Um dia precisei dum volume dos Monumenta Germaniae Historica, que são caríssimos, como V.ª Ex.ª sabe. Calculando que se me viesse por intermédio da Legação alemã, me ficaria mais em conta, pedi-lhe que mo adquirisse. O volume chegou - e a Legação ofereceu-mo, a desperto de todos os esforços que fiz para me dizerem o preço. É claro. Nunca mais a encarreguei de nada. E quando, tempos depois, precisei dum trabalho do Peter Lasow(?) publicado numa Revista erudita de Berlim encarreguei o Instituto alemão de mo comprar - e paguei-o. Quando me convidam para conferências, pagam-me as viagens e a hospedagem. Aceito, porque vou servir - e sou pobre. Se o Estado português, tendo V.ª Ex.ª à sua frente, me convidasse amanhã para qualquer serviço que implicasse viagens e hospedagem, aceitava que o Estado português, através de V.ª Ex.ª mas pagasse. Mas dum Estado estrangeiro, da Alemanha em especial, et pour Cause, não aceito convites da natureza do citado. Se me comprarem livros que escrevi, ou traduções de livros meus, se me pedirem artigos ou estudos que sejam a tradução do meu pensamento que todos conhecem - nada objectarei. Agora um passeio - Deus me livre! Nem o meu feitio se compadece com estas coisas: sou muito independente, muito altivo, muito senhor do meu nariz, muito cioso dos meus juízos. Detesto cicerones - sejam eles de que natureza forem. Se calhar tudo o que estou a dizer é inútil, porque a informação é disparatada. Assim V.ª Ex.ª perdoará. Mas se ela é certa, também V.ª Ex.ª fica a conhecer melhor aquele que, talvez, pensando assim, seja ele o disparatado, mas em qualquer caso é o de V.ª Ex.ª muito grato e inútil amigoA.P.

Relações com registos de autoridade

Relações com registos de autoridade
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadePimenta, Alfredo Augusto Lopes. 1882-1950, historiador, escritor e poeta AAP/AP Autor