Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Detalhes do registo

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/AMAP/FAM/AALP/01-02-02/002-017/10-29-19-6-56

Tipo de título

Atribuído

Título

Carta de Alfredo Pimenta para Oliveira Salazar

Datas de produção

1947-03-06  a  1947-03-06 

Dimensão e suporte

3 f. (30 x 21 cm); papel

Extensões

1 Capilha

Autor intelectual

Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadePimenta, Alfredo Augusto Lopes. 1882-1950, historiador, escritor e poeta AAP/AP Autor

Âmbito e conteúdo

A insistência de uma mulher alemã em falar com Oliveira Salazar.

Tradição documental

Tipo técnica de registo

Assinaturas

Alfredo Pimenta

Condições de acesso

Comunicável

Condições de reprodução

A reprodução deverá ser solicitada por escrito através de requerimento dirigido ao responsável da instituição.

Aspeto físico

Cota depósito

PT/AMAP/010/029/019/006/056

Cota atual

10-29-19-6-56

Idioma e escrita

Escrita

Transcrição

1947 6-3 2n-177 Lisboa 4ª feira Ex.mo Snr Presidente do - hoje não falo de política, e o discurso proferido ontem por V.ª Ex.ª merece ser comentado, pela altura em que V.ª Ex.ª se colocou. Mas fica para amanhã. Trata-se de outra coisa. Aqui há dois meses, pouco mas ou menos, bateu à minha porta uma senhora alemã, Frau Grette Vidigal. Era a primeira vez que a via, e nunca ouvira falar dela. Recebi-a, porque não fecho a minha porta a ninguém, e porque se tratava duma senhora alemã.Vinha pedir-me que que recomendasse assunto do seu interesse a V.ª Ex.ª. Respondi-lhe que me descrevesse, em memorial adequado, o de que se tratava. Disse-me que dirigiria uma carta a V.ª Ex.ª, e por ela eu saberia. Passados dias, foi à Torre do Tombo, e com novo pedido de recomendação, entregou-me uma carta fechada para V.ª Ex.ª. Por um escrúpulo de delicadeza, recebi a carta, mas nesse mesmo dia lha devolvi, registada, informando-a de que não podia recomendar a V.ª Ex.ª, com quem não tinha intimidades que mo permitissem, cartas de cujo conteúdo eu não tivesse prévio conhecimento. Acrescentei que a mandasse, ela, pelo correio, que era o suficiente. Anteontem, essa senhora apareceu-me de surpresa na Torre do Tombo, a queixar-se de que V.ª Ex.ª lhe não respondera e a pedir-me de novo, com insistência que me enfadou, que a apresentasse a V.ª Ex.ª. É claro que não saí da minha posição anterior. Mas perguntou-me onde era o Gabinete de V.ª Ex.ª. Respondi-lhe que no edifício. Queria saber se dava para a Caçada da Estrela. Respondi-lhe que não sabia ao certo. Perguntou-me se entre a sala de espera e o Gabinete de V.ª Ex.ª havia outras salas. Respondi-lhe que havia três, porque havia necessidade de filtrar os que pretendessem chegar até junto de V.ª Ex.ª. Disse-me então que havia uma só, que estivera nela, e estava arrependida de não ter passado a porta que a separava do Gabinete de V.ª Ex.ª. Comunico Isto a V.ª Ex.ª para o prevenir. Não é que eu suspeite de qualquer maldade. Mas pode acontecer que ela teime em entrar à força no seu Gabinete, e o facto, uma vez conhecido, daria origem a fantasias sempre aborrecidas. Por informações colhidas entre alemães, trata-se da mulher de um professor do Liceu colocado nas ilhas. Há uma trapalhada muito grande nas relações dela com o marido, e creio que é isto que ela quererá tratar com V.ª Ex.ª. Mas estou certo que V.ª Ex.ª não me terá levado a mal que eu me recusasse terminantemente a recomendar-lhe uma carta . Com toda a consideração de V.ª Ex.ª m.to att.º v.or obrgºA.P. Há dias mandei a V.ª Ex.ª as provas da Censura de um artigo meu. As provas não me pertencem. Tenha V.ª Ex.ª a bondade de mas mandar restituir, para eu as devolver ao seu dono. A . P.

Relações com registos de autoridade

Relações com registos de autoridade
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadePimenta, Alfredo Augusto Lopes. 1882-1950, historiador, escritor e poeta AAP/AP Autor