Classification scheme

António Lino

Available actions

Reader available actions

 

António Lino

Description details

Description level

Section   Section

Reference code

PT/AMAP/COL/PD/003

Title type

Atribuído

Production dates

1941  to  1972 

Dimension and support

13 serigrafias (270 x 200 mm); papel

Biography or history

António-Lino da Viegas Ferreira Pedras nasceu em Guimarães em 1914. Terminou o curso superior na Escola de Belas-Artes do Porto, com 19 valores, em 1945. Estudou tapeçaria, fresco, vitral e mosaico em França, Espanha, Alemanha e Itália. Foi sócio fundador do movimento de renovação da Arte Religiosa e bolseiro do Estado Italiano através do Instituto de Alta Cultura de Portugal.Distinguiu-se acima de tudo no mosaico e no vitral, sendo notáveis os vitrais que executou nos Paços dos Duques, em Guimarães. Também na tapeçaria deixou excelentes trabalhos entre os quais uma alegoria de Lisboa, propriedade da Câmara Municipal. Tem obra em vitral em igrejas, Palácios da Justiça, Câmaras Municipais, Palácios Nacionais e casas particulares em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente na grande Basílica de Nazareth, em Israel, e na Basílica de Damasco, na Síria. Foi discípulo dos mestres Teixeira Lopes, Acácio Lino e Dórdio Gomes.Faleceu em Lisboa, em 1996.

Custodial history

As serigrafias da autoria de António-Lino foram transferidas para o Arquivo em 31/05/2011, através da Guia de Transferência 6/2011 da Divisão de Acção Social da Câmara Municipal de Guimarães.

Acquisition information

Transferência.

Scope and content

Contém imagens alusivas a Guimarães, a Coimbra, a Vila Viçosa, a diversas individualidades e um auto-retrato.

Documental tradition

Technique type

Access restrictions

Acessível através de cópia digital

Conditions governing use

1. Todos os documentos estão protegidos por direitos de autor.2. Sem prejuízo das exceções permitidas por lei, a reprodução, alteração, distribuição, comercialização ou difusão da totalidade, ou de parte, dos documentos é expressamente proibida, salvo o consentimento prévio por escrito do Arquivo Municipal Alfredo Pimenta.3. Quando obtida tal autorização, e no uso das faculdades por ela concedidas, o Utilizador reconhece a eventualidade de existência de direitos de imagem por parte de pessoas retratadas ou referenciadas nos documentos, bem como direitos de autor, ou outros, eventualmente existentes sobre obras nelas reproduzidas, sendo o exclusivo responsável por qualquer litígio que venha a surgir em consequência da utilização que fizer desses documentos. 4. Arquivo Municipal Alfredo Pimenta não se responsabiliza por quaisquer danos resultantes da utilização não autorizada dos conteúdos da presente coleção.