Plano de classificação

Sentença de desagravo dada por D. João I

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Representação digital

Sentença de desagravo dada por D. João I

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Sentença de desagravo dada por D. João I

Detalhes do registo

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/002/8-1-3-7

Tipo de título

Atribuído

Título

Sentença de desagravo dada por D. João I

Datas de produção

1393-06-02  a  1393-06-02 

Dimensão e suporte

1 doc. (340x400 mm)

Extensões

1 Capilha

Autor intelectual

Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadeD. João I. 1357-1433, rei de Portugal AAP/RDJI Autor

Indexação onomástica

Tradição documental

Tipo técnica de registo

Selos

Tem selo pendente

Aspeto físico

Cota atual

8-1-3-7

Cota antiga

Nº 40

Idioma e escrita

Notas de publicação

Referência bibliográficaALMEIDA, Eduardo d' (1923), Romagem dos Séculos. Guimarães: Sociedade Martins Sarmento, 127.

Transcrição

"Sentença de desagravo, dada por El-Rei D. Joao I em Lisboa a 2 de Junho da era de 1431, aliviando o procurador do concelho de pagar a sisa de 4 bois que os juizes e vereadores mandaram comprar na feira de Lanhoso e se talharam com os carniceiros da vila vendendo a carne, sêbo e couros. A demanda foi posta pelo siseiro contra o procurador e concelho. O rendeiro das sisas era Luís Giraldes e o procurador do concelho Afonso Anes.Cordão de soda verde e um bocado de sêlo de cera".

Relações com registos de autoridade

Relações com registos de autoridade
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadeD. João I. 1357-1433, rei de Portugal AAP/RDJI Autor