Plano de classificação

Carta de D. Dinis relativa aos agravamentos que são feitos aos comerciantes durante a feira na vila do Castelo

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Representação digital

Carta de D. Dinis relativa aos agravamentos que são feitos aos comerciantes durante a feira na vila do Castelo

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Carta de D. Dinis relativa aos agravamentos que são feitos aos comerciantes durante a feira na vila do Castelo

Detalhes do registo

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/MGMR/ADP/CMGMR/A/002/8-1-1-9

Tipo de título

Atribuído

Título

Carta de D. Dinis relativa aos agravamentos que são feitos aos comerciantes durante a feira na vila do Castelo

Datas de produção

1308-10-11  a  1308-10-11 

Dimensão e suporte

1 doc. (130 x 240 mm); perg.

Extensões

1 Capilha

Autor intelectual

Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadeD. Dinis. 1261-1325, rei de Portugal AAP/RDDI Autor

Indexação onomástica

Tradição documental

Tipo técnica de registo

Aspeto físico

Cota atual

8-1-1-9

Cota antiga

Nº 3

Idioma e escrita

Escrita

Transcrição

"Dom Dinis pela graça de Deus Rei de Portugal e do Algarve. A vós João Gonçalves Pretor meu homem morador em Guimarães saude. Sabede que os Juizes e o Concelho dessa vila de Guimarães a mi enviaram queixa que vós lhes faziades muitos agravamentos e ponde defesa que os alfagemes não sangrem nem cercem nem os ferreiros não ferrem as bestas nem os alfaiates nem nos sapateiros não cosam nem nas mulheres não fiem nem teçam e cada uma das mulheres do segreve levades dois pares de perdizes. Hei estas defesas engamentas contra mim se lho fazedes nos dias em que a feira dura no Castelo dessa vila E outrosim que des que aqueles que têm as vendas na feira se vêm dormir à noite para suas casas que defendedes que não venda nem pão nem vinho nem candeias nem nas outras viandas aos da vila nem aos do termo. E esto não tenho eu por bem se assim é porque vos mando que vos não lhes façades tais agravamentos nem lhes ponhades taes defesas e nas cousas de suso e com (?) sem rogo e sem direito nem nos agravades nem penhoredes nem lhes o façades se não a vos me tornaria Eu por ende em testmonio desto, dei ende esta minha carta a essas Juizes e Concelho. Data em Coimbra onze dia sde outubro El-rei o mandou o Chantre de èvora sue clérigo Afonso Domingues a fez. Era de mil e trezentos e quarenta e seis anos. - Cantor elbor vidi."

Relações com registos de autoridade

Relações com registos de autoridade
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadeD. Dinis. 1261-1325, rei de Portugal AAP/RDDI Autor