Available actions

Reader available actions

Share
 

Casa do Senhor do Bonfim da Congregação da Missão

Description details

Description level

Fonds Fonds

Reference code

PT/AMAP/ECL/CSBCM

Title type

Atribuído

Date range

1564-08-08 Date is certain to 1968-04-07 Date is uncertain

Descriptive dates

A Casa do Senhor do Bonfim da Congregação da Missão, situa-se na freguesia de São Martinho de Fareja, actualmente concelho de Fafe. O seu fundador foi o padre José Simões, que por escritura de 3 de Maio de 1752 doou todos os seus bens aos religiosos da missão. Nesse mesmo mês os lazaristas, hoje conhecidos por vicentinos, já estavam lá instalados. O alvará régio foi concedido em Maio de 1752, e em Novembro de 1783 os padres da casa da missão, obtiveram, por bula papal, todos os títulos e direito

Dimension and support

2 cx.; (21 mç.; 0,39 ml).

Holding entity

Arquivo Municipal Alfredo Pimenta

Geographic name

Fafe (Município, Braga, Portugal)

Legal status

Organismo Privado

Custodial history

Este arquivo foi incorporado aquando da criação do Arquivo Municipal Alfredo Pimenta, de acordo com o decreto de lei. Nº.19.952 de 30 Julho de 1931.

Scope and content

Constituído por escrituras de prazos, compra e venda, vedorias e tombos.

Documental tradition

Original

Technique type

Manuscrito

Arrangement

Organização orgânica e funcional.

Access restrictions

A comunicabilidade dos documentos está sujeita ao regime geral dos arquivos e do património arquivístico (Decreto-Lei nº 16/93, de 23 de Janeiro).

Conditions governing use

A reprodução deverá ser solicitada por escrito, através de requerimento dirigido ao responsável da instituição. O seu deferimento encontra-se sujeito a restrições, atendendo ao estado de conservação e o fim a que se destina.

Language of the material

Portuguese

Writting

Latin

Other finding aid

Catáologo, formato papel, disponível na sala de leitura do AMAP.

Notes

Nota ao campo 3.4 - Organização e Ordenação :A descrição da informação do arquivo, já desactivado, da Casa do Senhor do Bonfim da Congregação da Missão, foi efectuada, o mais pormenorizadamente possível, quer ao nível do documento simples, quer do documento composto. À medida que se descrevia e analisava a documentação, detectou-se que esta tinha uma ordenação numérica, atribuída pela entidade (C.S.B.C.M.) que a produziu /recebeu. Desta forma e, respeitando sempre a organicidade do arquivo, constou-se que estávamos perante três séries documentais, reflexo de uma ordenação numérica, que evidenciava o sistema de arquivamento da instituição. Tentou-se perceber qual a relação que existia entre documentos que constituíam as diferentes séries documentais.

Após o estudo, in loco, da documentação chegou-se à conclusão que nas séries "escrituras de prazos/compra e venda/autos de vedorias" e "escrituras de compra/venda de sensos reais", a ordenação numérica atribuída, atendia ao assunto em causa, sendo, notório que na série "escrituras de prazos/compra e venda/autos de vedorias", houve intenção por parte dos padres da C.S.B.C.M. de tomarem conhecimento sobre a sucessão de arrendamento ou venda de um casal, especificamente, do casal de S. Tiago. A série "Declarações de reconhecimento/ autos de vedorias/ auto de Tombo" é constituída por documentos de várias tipologias, mas foram-lhes atribuídas também, uma ordenação numérica sequencial, pelo simples facto de todos os documentos desta série referirem-se a um género de levantamento e reconhecimento de todos os bens, direitos e propriedades que pertenciam à igreja de S. Tiago e foram transferidos para a C.S.B.C.M..